Exercícios On-line




Não há um modelo definido de laudo Eletrocardiográfico. De uma forma geral, começa-se determinando a freqüência cardíaca e, em seguida, o ritmo. Passa-se então a definir os valores de SÂQRS, SÂP, SÂT, P, PR e QRS. Costuma-se denominar esses dados iniciais de cabeçalho, são as informações que vão dar subsídios para que o laudo seja feito com segurança.

Muito que lidam com eletrocardiografia diariamente, costumam ter o mal-hábito de partir para as conclusões antes mesmo de fazer o cabeçalho por completo e analisá-lo, o que é um grande erro. Isso decorre, obviamente, do saber indisciplinado, do saber que subestima a disciplina e a técnica, até mesmo o academicismo, e é responsável por erros primários. Antes de fazermos o cabeçalho pode ocorrer, por exemplo, de acharmos um determinado eletrocardiograma muito difícil de ser interpretado para, logo após o cabeçalho ser confeccionado, esse mesmo ECG tornar-se de fácil interpretação. O inverso também ocorre, podemos ter em uma análise superficial a impressão de um exame normal para, após um cabeçalho bem feito, diagnosticarmos uma anormalidade. Portanto, não se deve pensar em conclusão antes dos dados que o cabeçalho nos oferece, isso é BÁSICO.

Seguem-se as “Considerações Gerais”, que muitas vezes são erroneamente chamadas de “Alterações Gerais”. Na verdade, há “considerações” a serem feitas sobre morfologia, posição elétrica, presença de artefatos (estruturas estranhas ao traçado propriamente dito, originadas por mal-contato, terra mal posicionado, entre outras coisas), etc. Não só as “alterações” devem ser relatadas, há muito mais que isso a ser comentado, muitas vezes o eletrocardiograma normal precisa de alguns comentários para ser aceito como tal por quem o lê.

Um “macete” importante consiste em NUNCA deixar para depois a anotação de determinada característica identificada no exame, nunca superestimar a memória (a cada observação uma anotação e, em alguns casos, uma conclusão). Esse princípio não respeitado é a origem de muitos laudos incompletos e, muitas vezes, errados, mesmo quando confeccionados por pessoas competentes.

Para ter acesso a cada exercício, basta clicar no menu abaixo e escolher a opção desejada.

Preenchendo os dados numéricos referentes a determinado exercício e clicando em 'OK', será aberta uma janela com todas as considerações a ele referentes.  

Escolha o exame de um desses pacientes: